25 de abr de 2013

REVIRAVOLTA NO CASO BÁRBARA REGINA

Segundo a policia alagoana,Bárbara Regina foi decapitada e esquartejada por Vanessa Ingrid.


O caso Bárbara Regina deu uma reviravolta, bem mais que um ângulo de 180º. Agora todo o foco cai em cima de outra personagem principal que até agora não havia entrado em cena em ato algum.
No abrir das cortinas e do inquérito policial, pôde-se ver o retrato de Vanessa Ingrid da Luz Souza, de 19 anos, acusada na morte da jovem grávida Franciellen Rocha, em meados de fevereiro (leia mais aqui e aqui) - na ocasião, pelo menos 13 pessoas espancaram a vítima antes de queimá-la viva num residencial em construção no bairro da Serraria, em Maceió.
“Toda mulher que deitar com o macho de Vanessa vai ter o mesmo fim”, teria dito ela aos policiais, quando presa em Estrela de Alagoas. É que Franciellen teria tido um caso com seu namorado traficante Genilson dos Santos Jordão, o “Ninho”.
Vanessa seria ainda agenciadora de garotas de programa e não matava "só" por isso.
Indiciada em pelo menos quatro homicídios - todas as vítimas sendo mulheres, indentificadas como Talita, Amanda, Bárbara e Franciellen -, esse novo caso vêm à tona. Como já citado, o da jovem Bárbara Regina Gomes da Silva, estudante de 21 anos, que desapareceu depois de uma noitada na boate Le Hotel, no bairro de Ponta Verde, no dia 31 de agosto.
Ao que consta, Bárbara teria abandonado o curso de Ciências Contábeis para se prostituir na rede montada por Vanessa Ingrid.
Ela integraria o site Tops de Maceió, segundo a Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) em coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (25), e estaria devendo à "chefe" o valor de R$ 1.800.
Além disso, Bárbara estaria ainda usando cocaína com frequência, vindo a ficar viciada.
Seu dinheiro ganho nos programas estavam se esvaindo no pó e isso acabou deixando-a endividada.
Sem paciência e recebendo reclamações dos clientes de que a outra não estaria mais "dando conta do recado", a calculista Vanessa Ingrid planejou tudo naquela noite no final de agosto: chamou um primo seu, o antes suspeito número 1, Otávio Cardoso da Silva Neto, de 25 anos, para ajudá-la na trama.
Com efeito, ele, também sendo viciado em cocaína, aceitou a proposta com a certeza de que no final de tudo ganharia 50 saquinhos da droga - o equivalente a R$ 1 mil.
Otávio apenas a atraiu para a boate (confira neste link) e a deixou dopada. Bárbara foi levada, então, para a Fazenda Pau Amarelo, na cidade de Rio Largo, por 'Ninho', Vanessa e outra pessoa, que já esperavam nas imediações do Le Hotel.
De lá, o trio criminoso a conduziu para um cemitério de veículos que existe na Mata do Rolo. Sem delongas, Bárbara foi cruelmente decapitada e esquartejada em vários pedaços, tendo cada um deles queimado.

Se for verdade que essa criatura matou bárbara que ela tenha pelo menos a decência de dizer a família onde se encontra o corpo, e acabar com parte do sofrimento da familia porque o vazio que bárbara deixou nunca vai poder ser prenchido.(bemxbem)


FONTE:http://www.tribunahoje.com/noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário